quarta-feira, 30 de maio de 2012

MELANCOLIA

Gerana Damulakis
Atualmente ando utizando o blog para guardar frases, trechos de livros, um ou outro verso. Encontrei a frase abaixo no texto sobre a melancolia de meu amigo, o poeta Manuel Anastácio, do blog Da Condição Humana (http://literaturas.blogs.sapo.pt/):

A melancolia é o estado de alma que nos aproxima do peso e do número das coisas.
Manuel Anastácio

Ilustração: Edvard MUNCH, Melancolia (Laura), de 1899. Óleo sobre tela, 110 x 126 cm. Munch Museet – Oslo. Origem da imagem: www.hubin.org

6 comentários:

Manuel Anastácio disse...

Que bom estar aqui outra vez.

Assis Freitas disse...

Tem uma frase de Italo Calvino que eu gosto: "Melancolia é a ausência que se tornou leve",


abraço

gláucia lemos disse...

Gerana, reapareceu? e nem avisou aos amigos. Eu estou sempre por lá pelo blog do querido amigo Manuel, todos os dias, sabe como ninguém consegue desgrudar-se do Manuel, o afeto, o carinho, a receptividade. Não fosse isso nem saberia da reativação do leitora crítica. virei de vez em quando para ver as novidades q haja por aqui. Beijo.Gláucia.

Ana Tapadas disse...

Querida Gerana,
como é verdadeira essa definição!

Conheço bem a melancolia.

Beijocas

Rayuela disse...

"melancolía, novia silenciosa..." canta silvio rodríguez...


abrazo*

João Renato disse...

Desde o dia em que você postou esta frase, eu venho relendo-a, e a cada releitura eu concordo por um motivo diferente.