sábado, 23 de janeiro de 2010

PARABÉNS PARA A POETA ANA TAPADAS



Gerana Damulakis

Os aquarianos têm a cabeça nas nuvens, dizem. Não concordo. Parece que nós, aquarianos, temos um pé na terra e outro no ar, sabemos viver a realidade muito intensamente, assim como sabemos voar, quando nos apetece escapar de tanta realidade. Mas, esqueçamos as generalizações fáceis dos signos.
Ana Tapadas é uma poeta, uma poeta singular no uso de palavras que transmitem muita força. O resultado geralmente é o poema forte, vibrante, sempre muito bem realizado. Tarefa difícil a escolha dos exemplos de sua poesia. Optei por um soneto para evidenciar a sua destreza com a forma fixa, e outro poema que me toca muito de perto.
Foi através do blog de Janaina Amado (http://acreditandonotruque.blogspot.com/) que conheci o Rara Avis (http://raraavisinterris.blogspot.com/), blog de Ana Tapadas.
Querida Ana: neste seu dia e em todos, saúde e alegria para você.

"OMNIS HOMO MENDAX"

--------------Ana Tapadas

Falar de ti é sentir a palavra pequena
Para dizer-te a verdade que não liberta...
É ler-te na vida a razão do poema
Na teia de teus sonhos encoberta!

Falar de ti é ter dois dedos de luz
Presos ao orvalho da procura...
É erguer os olhos para a cruz
Fecundando paz no ventre da amargura!

É ter dois passos de noite, o sol e o luar,
Espreitando o último mistério da oração,
Ao apontar o imperativo do verbo amar!

É sentir amizade, ter confiança e ler solidão,
Dentro da penumbra perturbada do teu olhar.
Falar de ti é: vergar o orgulho à gratidão!

A ESMO

--------Ana Tapadas

Inquietas-te alma - criança,

tantas vezes te fiz lutar...

E farei! Pois farei!

Exigente...(e se o não fora?)

Se eu pudesse exigir;

se não temesse incomodar;

se conseguisse fazer despertar

essas serenidades abstractas;

essas beatitudes beatas!

Revolta? (não, não é isso!)

É o silêncio que incapacita,

que mortifica ...

e não deixa que saibais amar.

Conheceis-vos tão bem

- beatitudes hipócritas! -

que esqueceis o que enalteceis.

Injusta? (eis o que sou.)


Ilustração: Rafal Olbinski

11 comentários:

Lisarda disse...

Oi, Gerana!Gracias a o teu blogue veo que há muitos e escolhidos sonetistas lá, é um prazer conhecer e ler-los, como o talentoso poeta de bar do bardo. (Tenho outro blogue dedicado a isso, Sonsonete de sonetos)
Y gracias por pasar!Até outra vez

Ana Tapadas disse...

Querida Gerana,
Ver-me aqui deixa-me comovida e um pouco envergonhada. A tua leitura crítica tem passado por grandes autores e por jovens descobertas talentosas.
Eu, que não sou nem uma coisa nem outra, e que apenas brinco com as palavras agradeço a amizade, o carinho e neles desconto esta visibilidade.
Gerana, querida, um beijo e muito obrigada,
Ana Maria

Janaina Amado disse...

Parabéns, Ana querida - sou fã absoluta dos seus textos em prosa, e acho que seus poemas estão cada dia mais belos e sofisticados, como estes que Gerana escolheu. E também o último que postou no seu blog. Abraços às duas.
(Mas a blogosfera é mesmo uma maravilha - pensar que ainda não conheço pessoalmente nem Ana nem Gerana, com quem tenho dialogado e aprendido tanto ultimamente. Eu adoro isso, essa nossa possibilidade, essa habilidade que adquirimos de voar pela blogosfera sobre mares, castelos, muros e flores, para alcançar pessoas com quem temos afinidades.)

Pedro disse...

Menina, este poema "A ESMO" é uma jóia literária. Parabéns para a poetisa, pelo aniversário e pelos poemas.

Assis Freitas disse...

Parabéns a Ana pela vida e pela poesia. Abraço.

Nydia Bonetti disse...

Que beleza a poesia de Ana! Já estou seguindo o Rara Avis, Gerana. Abraços.

Ianê Mello disse...

Bela e merecida homenagem a grande poeta Ana Tapadas, a quem tenho a honra de me acompanhar em meu singelo espaço.

Belíssimos os poemas escolhidos.

Parabéns!

Agora que descobri , fico por aqui.

Um abraço.

Ianê Mello

Georgio Rios disse...

Uma mais que merecida homenagem.Sutilezas e nuvens a parte também sou aquariano e a poesia me faz navegar em muitos mares de agua e de nuvens!!!

Anônimo disse...

Muito bom.
Vou passar a visitar o seu blogue, Ana.
E eu é que agradeço às duas, Gerana e Ana.

Um abraço

Maria Helena

Ana Tapadas disse...

Obrigada a todos pelas palavras gentis e, muito especialmente à Gerana pela sua dedicação às Letras e à amizade.
Beijo

glaucia lemos disse...

Parabéns Ana pelos poemas, você é inspirada mesmo, e pelo aniversário.
Por falar em aquariana, Gerana, esqueci a data, mas sei que em Aquarius estão também você e seu doce amado. Beijos e parabéns aos dois, queridíssimos amigos meus, aos quais desejo tudo o que a felicidade possa levar. Grande beijo.