quarta-feira, 28 de maio de 2008

ap[EGO]


Goulart Gomes




se eu lhe toco
é o apego do meu ego
que lhe afaga

se eu lhe foco
é o gozo do meu ego
que me afoga

se eu compro
o meu ego aplaca a fome
e me consome

quando luto, ele ganha
me derrota e me arrasta
em sua sanha

se me foge uma amiga
o ego e seu ciúme
fazem todas, inimigas

se me quedo no aconchego
e me cego para o mundo
ego-abismo, em que me afundo

e o ego tudo engole
em sua sede de tornado
e me queda, en-si-mesmado



Salvador, 28/05/2008

Goulart Gomes é autor de Minimal entre tantos títulos. A foto é de denis collette, retirada do Flickr.

3 comentários:

david santos disse...

Excellente poema!
Parabéns.

Gerana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Gerana Damulakis disse...

Também achei excelente. Tiro o chapéu para o poema e ainda desenrolo o tapete vermelho. Goulart está com a poesia na mão.