segunda-feira, 10 de setembro de 2012

A POSSIBILIDADE DE UMA ILHA

A luz é una, mas seus raios são incontáveis.
Michel Houellebeq, in A possibilidade de uma ilha

7 comentários:

Assis Freitas disse...

tudo se forma em fragmentos e explodem,



abraço

Tania regina Contreiras disse...

Espargindo...isso é fundamental.
Abraço,

João Renato disse...

Olá, Gerana,
É isso que me impressiona em literatura: em textos bem antigos - talvez 4.000 anos - os autores já escreviam sobre a luz, mas sempre alguém ainda diz uma coisa nova.
Abraço,
JR.

Ana Tapadas disse...

A luz é una...

Beijo

R. Vieira disse...

Muito lindo e profundo!

Gostei de aportar aqui! ;)

Bípede Falante disse...

e incomensuráveis!

beijoss :)

Miguel Pestana disse...

Gostei d evisitar este seu blogue. Continuações de bom trabalho