segunda-feira, 9 de abril de 2012

A CRÍTICA

Depois do direito de criar, o direito de criticar é o bem mais precioso que a liberdade de pensamento pode ofertar.
Vladimir Nabokov

7 comentários:

Assis Freitas disse...

liberdades: todas, incondicionalmente



abraço

Rayuela disse...

criticar, y ser respetado en la crítica.

abrazo*

Anônimo disse...

Gerana, querida, por favor, envia-me teu endereço de mail.
Abraço, Adelice
adelicesouza@oi.com.br

Maria Muadiê disse...

Isso! O direito de pensar.

Que bom revê-la aqui.
beijo

Maria Muadiê disse...

Isso! O direito de pensar!
Que bom revê-la aqui.

beijo

João Renato disse...

Bom te ler, bahiana.
Por certo todo autor sujeita sua obra à avaliação crítica.
Porém, alguns críticos agem com virulência e até escárnio.
Numa entrevista, assisti o Haroldo de Campos dizer que aceitava calado as críticas, mas que revidava os ataques.
JR.

Ana Tapadas disse...

Que saudade de te ler!

Só posso concordar e entender...


Abraço do outro lado do mar.