terça-feira, 9 de setembro de 2008

ALLEGRO

Fred Matos


as cordas do meu violão
tocam um só
sonolento acorde
só acordam
quando me acode
a lembrança do teu beijo

então elas toam desejos
numa melodia fantástica
que percorre toda a escala
em seqüência erótica
orgástica

ouço o timbre do piano
ouço a flauta de Atena
ouço a lira de Apolo
é perfeita a harmonia

a orquestra toca teu nome
no allegro da sinfonia.


Fred Matos é autor de Melhor que a encomenda (FUNCEB, 2006). A foto é, "Luz e Violão", de Jonas Oliveira, retirada do Flickr.

4 comentários:

fred disse...

Mais uma vez alegre por você publicar poema meu, Gerana.
Obrigado.
Beijos.

Gerana disse...

E vc não sabe o que te espera. Mas é no que tange ao gênero conto.

fred disse...

Se curiosidade matasse...

Anônimo disse...

“um só sonolento acorde”
Gostei desta poesia.
Parabéns!
Mauricio