quinta-feira, 14 de agosto de 2008

PLENO DE VIDA AGORA



Walt Whitman







Cheio de vida agora, sólido, visível,
Eu, quarenta anos nos oitenta e três anos dos Estados Unidos,
A alguém daqui a um século ou daqui a qualquer número de séculos,
A você que ainda não nasceu, estou procurando você.

Quando você ler isto, eu que era visível, serei invisível,
Agora você que é sólido, visível, percebendo meus poemas, procurando por mim,
Fantasio o quanto você seria feliz se eu pudesse estar com você e fosse seu camarada,
Sinta isto como se eu estivesse com você. (Esteja seguro que eu estou agora com você).





Esta é uma tradução bastante livre, enfatizando apenas o conteúdo, do poema "Full of Life Now", de Walt Whitman. A seguir, leia o poema "Pensa, Whitman", de Nilson Galvão; então, sinta apenas.

Um comentário:

Lima Trindade disse...

Eu simplesmente amo Whitman!!! Ele é o pai e com ele me deito na relva.