quarta-feira, 16 de julho de 2008

SONETO DO DEFINIDO AMOR


Aramis Ribeiro Costa



Melhor amor se faz de coisas certas
Que de sonhares vãos, imaginados
Que os sonhos todos morrem, se guardados
E portas de sonhar são sempre abertas.

Amor que se detém nas descobertas
E não nos desencontros isolados
É este o definido amor dos fados
O amor que acerta as vidas mais incertas.

Amor... amor... talvez um firmamento
De estrelas e cometas aloucados...
Talvez um desvairado sentimento.

Melhor amor se faz de coisas veras
Amor de encontros, gostos e cuidados
Amor de estradas longas e sinceras.



Soneto retirado de Espelho Partido - Sonetos Escolhidos - 1971-1996 (Funceb, 1996).

2 comentários:

gláucia lemos disse...

Aramis: Amor indefinido ou Amor definido, Milton Nascimenhto já disse muito bem que "toda maneira de amor vale amar". Muito especialmente com expressão em sonetos como esses da sua autoria. Abração.

pereira disse...

Sonetos elaborados em torno do amor com muita destreza. Parabéns, amigo!