terça-feira, 6 de abril de 2010

AI DE TI, RIO!

Há um grande vento frio cavalgando as ondas, mas o céu está limpo e o sol muito claro. Duas aves dançam sobre as espumas assanhadas. As cigarras não cantam mais. Talvez tenha acabado o verão.
Rubem Braga


Ilustração: Great Wave, de Katsushika Hokusai.

20 comentários:

José Carlos Brandão disse...

As cigarras não cantam mais. Talvez tenha acabado o Rio - pelo menos o Rio de Rubem Braga. Que pena!
Um beijo, Gerana.

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga:
É perfeita e escreve com talento e magia.
Possui uma sensibilidade linda e pura.
Beijinhos amigos.
Sempre a admirá-la e a respeitá-la

pena

cduxa disse...

A Grande Onda de Kanagawa- de Katsushika Hokusai.
Existem obras (como esta) em que o tempo nada retira à sua beleza.
Poéticamente esta imagem remete-nos para a triste realidade no Rio de Janeiro.
Ai de ti, Mundo!
Um abraço.

Gisele Freire disse...

Que beleza Gerana!
gosto muito da ilustração japonesa tb:)
bjs
Gi

dade amorim disse...

Pois é, Gerana. Agora não é só ai de ti, Copacabana.

Georgio Rios disse...

Um exerto primoroso!!!!

Bípede Falante disse...

Gerana, talvez, algo esteja se encerrando no Rio, em SP, no país.

Nilson Barcelli disse...

Presumo que este post tenha a ver com a chuva que tem caído no RJ, provocando tantas mortes.
Uma grande tragédia.
Querida amiga, um beijo.

Kovacs disse...

A ilustração combina perfeitamente com o Rio dos últimos dois dias!

Bernardo Guimarães disse...

bela homenagem. difícil ver o rio, tão lindo, tão naufragado...

glaucia lemos disse...

RIO DE jANEIRO, ADEUS! NÃO SÓ RIO DE jANEIRO. O PANETA ESTÁ SE DILUINDO EM ENCHENTES, ERUPÇÕES VULCÂNICAS, TSUNAMIS, TREMORES DE TERRA. QUEM REMANESCERÁ DE TANTA CONVULSÃO DA NATUREZA? SERÁ VERDADE QUE ESTAMOS NOS MOMENTOS FINAIS DE UMA ERA? DO QUE SE CONHECE, O CALENDÁRIO ASTECA É FINALIZADO EM 2012. PREVISÃO DO FINAL, OU OS MAGOS ASTECAS NÃO SE OCUPARAM EM PREVER MAIS QUE ISSO?

Edu O. disse...

Como é belo o mundo pelos teus olhos! Vc consegue poesia em tudo.

karina rabinovitz disse...

que bela combinação de tudo! apesar do que há de tristeza por trás.

Ana Tapadas disse...

Solidária com a realidade dura sugerida de um modo tão belo.
Beijinho

Rayuela disse...

qué buena elección de poema y pintura!

algo se está acabando en América toda...


un beso, mi corazón con Río*

Janaina Amado disse...

Estou tristíssima com os desmoronamentos e mortes que se seguem no Rio, e revoltada porque todos os anos se repetem, de forma mais branda ou mais dura, como neste.

Assis Freitas disse...

Como um conde falando aos passarinhos, mas em lamento. Abraço

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Elegante, essa palavra te define!

Fernando Campanella disse...

Rubem Braga me acompanha desde o colegial. O Brasil não tem leitura, e esquece facilmente. Gosto que mencionem arte desse grande mestre da crônica, da pura poesia disfarçada em prosa.
Um abraço.

v_saney disse...

adorei o blog!

Luis