sábado, 9 de janeiro de 2010

PARABÉNS PARA KÁTIA BORGES

A poeta Kátia Borges está fazendo aniversário. Autora dos livros De volta à caixa de abelhas (Secretaria da Cultura e Turismo, FUNCEB, EGBA, 2001) e Uma balada para Janis (Edições P55, 2009), além de marcar presença em antologias nacionais, Kátia é admirada e aplaudida desde o seu primeiro livro. Para você, afilhada literária: saúde e muita poesia.

TODA VIDA
-------------Kátia Borges

Para chegar a mim,
siga nesse beco sem saída
toda vida e, antes do fim,
dobre à esquerda.
Verá apenas uma casa,
no descampado, sem jardim,
com ar de abandono e luzes
permanentemente acesas.
Cuidado: um cão feroz vaga
por ali. Senhor absoluto
do castelo, zela por
fantasmas. E formas estranhas,
numa arquitetura de Gaudí,
compõem a vizinhança:
crianças sem cabeça,
homens amarelos e mulheres
cáqui acenam das janelas.
E a bela Vicens, e a rua Morgue
ficam perto. É só seguir
toda vida nesse beco
sem saída
para chegar a mim.

MAR
--------Kátia Borges

Eu falaria do mar se soubesse
compreender, das águas, o mistério.
Mas tenho os pés presos à terra
e nada sei de navegar. O mar
é monstro em meus sonhos. Morre
espumando e me amedronta. Imensidões
me deixam tonta. Só presa ao chão posso voar.

11 comentários:

Assis Freitas disse...

Dois belos exemplares da poesia de Kátia. Fartura de lirismo. Parabéns a ela por tudo: vida e poesia.

Janaina Amado disse...

Ainda não li os livros da Kátia, conheço alguns dos seus textos pela internet. Depois desses dois lindos poemas, preciso sanar rápido essa falta. Parabéns, Kática.

aeronauta disse...

Parabéns, Kátia!
Sua poesia é imensa, perfeita.
Lindos esses dois poemas!

Ana Tapadas disse...

Parabéns à Kátia!
O primeiro poema fala-me fundo à alma. Excelente.
Beijinho Gerana

Flamarion disse...

Parabéns, Kátia!
Abraço.

Gerana Damulakis disse...

Kátia: não pude corrigir seu nome no comentário de Janaína, conforme ela me pediu, pois não há como alterar e-mail recebido. Saiba, portanto, a letra "c" a mais em Kátia foi erro de digitação.

E eu, ontem, esperei o relógio do computador virar 00:00, daí comecei a postagem para sair com a data de 10 de janeiro (seu dia de nascimento). Acontece que o relógio do canto direito do PC traz o horário de Brasília, mas quando fazemos a postagem ela segue para o blog com o horário de Salvador; ficou, então com 9 de janeiro. Outro bjo pelo dia.

Lidi disse...

Lindos os poemas de Kátia. Admiro muito a poesia dela. Parabéns a Madame K, muitos anos de vida e literatura. Beijo, Gerana.

Marcus Vinícius Rodrigues disse...

comemorar o aniversário de Kátia Borges é comemorar a poesia. Parabéns, Kátia.

Kátia Borges disse...

Gerana, queridíssima. Obrigada. Você mora em meu coração. Um beijo imenso!

glaucia lemos disse...

Parabéns, Kátia. Saude, paz de espírito e muito amor, que o resto é o resto e sempre se acaba tirando de letra quando se conta com esse trio básico. E muita poesia para a frente. Um beijo.

Maria Muadiê disse...

Lindos poemas!
Feliz idade nova! Beijos